Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Ezequiel    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 34

(Versículos e sumário)

34 E foi-me dirigida a palavra do Senhor, a qual dizia:

2 Filho do homem, profetiza sobre os pastores d’Israel; profetiza e dirás aos tais pastores: Isto diz o Senhor Deus: Ai dos pastores de Israel que se apascentavam a si mesmos; não são os rebanhos os que são apascentados pelos pastores?

3 Vós lhes comíeis o leite, e vós vos cobríeis das suas lãs, e matáveis as ovelhas que eram mais gordas; mas não apascentáveis o meu rebanho.

4 Vós não fortalecestes as que estavam fracas, e não curastes as que estavam enfermas, não ligastes os membros às que tinham algum quebrado, e não fizestes voltar as que andavam desgarradas, nem buscastes as que se tinham perdido; mas vós domináveis sobre elas com aspereza, e com império.

5 Assim as minhas ovelhas se espalharam, por não terem pastor; e elas se tornaram em presa de todas as alimárias do campo e se desgarraram.

6 Os meus rebanhos andaram erradios por todos os montes, e por todos os outeiros elevados; e os meus rebanhos se espalharam por toda a face da terra, e sem haver ninguém que os buscasse, sem haver ninguém, digo, que tomasse o trabalho de os buscar.

7 Por isso, ó pastores, ouvi a palavra do Senhor:

8 Eu juro por minha vida, diz o Senhor Deus: que porque os meus rebanhos foram entregues à rapina, e as minhas ovelhas expostas a serem devoradas por todas as alimárias do campo, como quem não tinha pastor; pois que os meus pastores não buscaram o meu rebanho, mas só cuidavam esses pastores em se apascentarem a si mesmos e não davam pasto aos meus rebanhos.

9 Ouvi portanto, ó pastores, a palavra do Senhor:

10 Isto diz o Senhor Deus: Eis-aí vou eu mesmo sobre estes pastores a demandar o meu rebanho das mãos deles, e fá-los-ei cessar, para que nunca mais apascentem rebanho, nem os tais pastores se apascentem jamais a si mesmos; e livrarei o meu rebanho da sua boca, e ele lhes não servirá mais para sua comida.

11 Porque isto diz o Senhor Deus: Eis-aí eu mesmo irei a buscar as minhas ovelhas, e eu as visitarei.

12 Bem assim como um pastor visita o seu rebanho, no dia em que se acha no meio das suas ovelhas dispersas; assim visitarei eu as minhas ovelhas, e eu as livrarei de todos os lugares por onde elas tinham andado dispersas no dia de nublado e de escuridade.

13 E eu as tirarei para fora dos povos, e as ajuntarei de diversos países, e as introduzirei na sua terra; e apascentá-las-ei sobre os montes de Israel, ao longo das ribeiras, e em todos os lugares habitáveis do país.

14 Eu as levarei a pastar nas pastagens as mais férteis, e nos altos montes de Israel será o lugar da sua pastagem; elas lá repousarão sobre as verdes relvas, e pastarão sobre os montes d’Israel em pingues pastagens.

15 Eu apascentarei as minhas ovelhas; e eu as farei repousar, diz o Senhor Deus.

16 Eu irei buscar as que se tinham perdido, e farei voltar as que andavam desgarradas, e ligarei os membros às que tinham algum quebrado, e fortalecerei as que estavam fracas, e conservarei as que estavam gordas e fortes; e eu as apascentarei em justiça.

17 Mas vós, rebanhos meus, isto diz o Senhor Deus: Eis-aí julgo eu entre rês e rês, entre os carneiros e os bodes.

18 Acaso não vos bastava a vós nutrir-vos numas pastagens excelentes? senão que sobre isto ainda pisastes aos vossos pés o resto dos vossos pastos; e depois de terdes bebido uma água muita clara, turváveis com os vossos pés o resto.

19 Assim as minhas ovelhas vinham a apascentar-se do que tinha sido pisado com os vossos pés; e vinham a beber do que os vossos pés tinham turvado.

20 Por cuja causa isto diz o Senhor Deus a vós outros: eis que venho eu mesmo a julgar entre as rezes gordas e as rezes magras;

21 Pelo motivo de que vós com os vossos costados e ombros lhes dáveis encontrões, e com os jatos das vossas pontas lançáveis por esses ares a todas as ovelhas magras, até serem com dispersão expulsadas fora.

22 Eu salvarei o meu rebanho, e ele não servirá mais de presa, e eu julgarei entre ovelhas e ovelhas.

23 E SUSCITAREI SOBRE ELAS UM ÚNICO PASTOR que as apascente, meu servo David;  n ele mesmo as apascentará, e este mesmo terá o lugar de seu pastor.

24 Eu porém, o Senhor, serei para eles o seu Deus; e meu servo David será no meio delas como o seu príncipe, eu o Senhor é que falei.

25 E farei com as minhas ovelhas um pacto de paz, e farei exterminar da terra as alimárias mais cruéis; e os que habitam no deserto, dormirão seguros no meio dos bosques.

26 E po-los-ei ao redor do meu outeiro para benção; e farei cair as chuvas a seu tempo; elas serão umas chuvas de benção.

27 E as árvores do campo darão o seu fruto, e a terra dará o seu gérmen, e as minhas ovelhas habitarão sem temor no seu país; e elas saberão que eu sou o Senhor, quando eu tiver quebrado as cadeias de seu jugo, e as tiver arrancado dentre as mãos dos que as dominavam com império.

28 E elas não serão mais a rapina das nações, nem as alimárias da terra as devorarão; mas elas habitarão com toda a segurança, sem terem nada que temer.

29 E eu lhes suscitarei um gérmen de grande nomeada;  n e eles não tornarão a ser consumidos pela fome sobre a terra, nem trarão sobre si mais o opróbrio das gentes.

30 E saberão que eu, o Senhor seu Deus, serei com eles, e eles, casa de Israel, serão o meu povo, diz o Senhor Deus.

31 Vós porém, rebanhos meus, vós rebanhos da minha pastagem, sois homens; e eu sou o Senhor vosso Deus, diz o Senhor Deus.



[1] Vide também Ezequiel 37.24-28 e Oseias 3.5

[2] Achamos que o grão referido possa ser a soja, pouco conhecida na antiguidade, vide referências à soja no cap. 4 do livro Vida além da vida

Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; A Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt


.

Abrir