Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Isaías    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 26   † 

(Versículos e sumário)

26 Naquele dia se cantará este cântico em a terra de Judá: Sião, cidade da nossa fortaleza! O Salvador será posto nela por mural e antemural.

2 Abri as portas, e entre uma gente justa, que observa a verdade.

3 Foi-se o antigo erro; tu conservarás a paz; a paz, porque em ti havemos esperado.

4 Vós esperastes no Senhor por séculos eternos, no Senhor Deus forte para sempre.

5 Porque encurvará aos que habitam no alto, humilhará a cidade altiva.Humilhá-la-á até à terra, fá-la-á descer até se tornar em pó.

6 Pisá-la-á o pé, os pés do pobre, os passos dos necessitados.

7 A vereda do justo é direita, direito é o atalho do justo para por ele se andar.

8 E nós te esperamos, Senhor, na vereda dos teus juízos; o teu nome, e a tua memória são a saudade da nossa alma.

9 A minha alma te desejou de noite; e até com o meu espírito nas minhas entranhas despertarei desde o ponto do dia para te buscar. Quando exercitares na terra os teus juízos, aprenderão a justiça os habitadores da orbe.

10 Compadeçamo-nos do ímpio, e ele não aprenderá a justiça; na terra dos santos obrou iniquidades, e não verá a glória do Senhor.

11 Senhor, exalte-se a tua mão, e eles não vejam; vejam, e sejam confundidos os que têm inveja do teu povo; e devore o fogo a teus inimigos.

12 Senhor; tu nos hás de dar paz; porque tu és o que fizeste em nós todas as nossas obras.

13 Senhor Deus nosso, uns amos sem ti nos possuíram, somente em ti nos recordemos do teu nome.

14 Não vivam os mortos, não ressuscitem os gigantes; por isso é que tu os visitaste e fizeste em pó, e apagaste toda a sua memória.

15 Tu favoreceste esta nação, Senhor, tu a favoreceste; porventura foste tu glorificado? Tu a alongaste para as mais remotas partes da terra.

16 Senhor, eles te buscaram na angústia, saudável lhes foi na tribulação do seu murmúrio a tua doutrina.

17 Assim como a que concebe, quando estiver próxima ao parto, confrangendo-se dá gritos nas suas dores; do mesmo modo nos tornamos nós, Senhor, diante da tua face.

18 Nós concebemos, e como que estivemos com dores de parto, e o que parimos foi vento. Não produzimos na terra frutos de salvação, por isso é que não caíram os habitadores da terra.

19 Os teus mortos viverão, os meus a quem tiraram a vida ressuscitarão. Despertai, e cantai louvores, vós os que habitais no pó; porque o teu orvalho será um orvalho de luz, e tu reduzirás à última ruína a terra dos gigantes.

20 Vai, povo meu, entra nos teus quartos, fecha as tuas portas sobre ti, deixa-te estar escondido um pouco por um momento, até que passe a indignação.

21 Porque eis-aí sairá o Senhor do seu lugar, para visitar a iniquidade do habitador da terra contra ele; e a terra descobrirá o sangue de que está alagada, e não cobrirá mais de então por diante os seus violentamente mortos.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; A Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt


.

Abrir