Testamento Xavieriano - Auta de Souza - Capítulo 9

Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Auta de Souza — A própria


9

Mensagem de irmã

  1 Enquanto a carne em treva brande a vara

  Da amargurosa dor que te alanceia,

  Acende, em paz, a lúcida candeia

  Da sublime esperança que te ampara.


  2 A fé transforma a noite em manhã clara.

  Não te canse o deserto… Ara e semeia

  E arrancarás da imensidão de areia

  A flor da primavera e o pão da seara…


  3 Que o grilhão do passado te não prenda.

  Faze do amor a rútila oferenda

  Do próprio ser ao mundo estranho e escuro!


  4 E ave de luz tornando ao pátrio ninho,

  Encontrarás, feliz, o áureo caminho

  Para a esfera de glórias do Amor Puro!


.Auta de Souza



(Mensagem recebida no Grupo Espírita Luiz Gonzaga na noite de 26 de janeiro de 1953 — Pedro Leopoldo, MG.)


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir