Testamento Xavieriano - Auta de Souza - Capítulo 37

Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Auta de Souza — A própria


37

Louvada sejas

  1 Louvada sejas, mão que a penúria suprimes

  E espalhas sem cessar a Divina Presença!

  És caridade — a luz em que o Céu se condensa,

  Entre bênçãos de paz e júbilos sublimes!…


  2 Mão que socorres, dás, amparas, desoprimes,

  Afagas, curas, crês, serves sem recompensa,

  Fazes-te sol de amor na escuridão mais densa!…

  Incontáveis na estrada as dores que redimes!…


  3 Mãos que constróis, instruis, apoias, luminas,

  Em ti a Terra sobe às amplidões divinas,

  Por ti Deus fala ao mundo em todas as igrejas!…


  4 Inda que o mal te zurza, escarneça ou degrade,

  Seja onde seja, em tudo, és sempre caridade!…

  Mão que lembra Jesus, engrandecida sejas!…


.Auta de Souza



(CASA TRANSITÓRIA — 23-7-1967 — São Paulo — SP)


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir