Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Deus conosco — Emmanuel


43


A revelação espiritual é como uma fonte

17/04/1940


1 Meus filhos, desejo-vos a paz de sempre. Venho falar-vos de nossa satisfação em observar que a exemplificação de Célia n está quase pronta para se projetar no mundo. 2 Entre nós, o acontecimento tem grande significação espiritual e estamos muito reconhecidos ao poder misericordioso de Deus, porque tudo que fizermos de bom vem de Sua bondade paterna. 3 Com respeito às leves modificações no texto, não vos impressioneis, porquanto isso deve ser tomado como prova de cooperação da boa vigilância, que só nos resta agradecer. 4 Aliás, nós ficamos com a melhor emoção, em vista de que qualquer outro círculo de pensamentos o coração não estará habilitado a sentir a mesma intensidade vibratória, porque pela nossa parte tivemos a ventura da revelação interior, conjugada com a sagrada possibilidade de ser útil. 5 E sabemos que a revelação espiritual é como uma fonte. Na nascente, a água tem um sabor específico e mais longe o líquido tem de se modificar com os elementos de seu curso, sendo razoável não nos preocuparmos, pois que toda água em movimento tanto caminha que chega ao mar purificada. 6 E o mar, em nosso caso, é o mesmo Pai que nos deu a nascente. Deus vos abençoe e conceda paz. O livro de Humberto ficará adiado por mais algum tempo, até que as circunstâncias se ajustem aos nossos fins. n Deus esteja convosco.


.Emmanuel



Notas da Organizadora:

[1] Refere-se ao livro 50 anos depois, publicado pela FEB.


[2] Refere-se a Humberto de Campos e ao livro Reportagens de Além-túmulo, que foi publicado em 1945, pela FEB.


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir