Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Fotos da vida — Augusto Cezar


9


Oração e resposta

1 Amigo, você nos solicita algum texto que lhe fale ao íntimo, quanto ao significado da oração.

2 Responderemos com um apólogo antigo que qualquer iniciante nas letras pode apresentar em sua própria versão. É o que me permito fazer em louvor da prece.

3 Um incêndio começou a lavrar em floresta isolada, quando certa andorinha de um telheiro em abandono começou a tarefa que se lhe figurava como sendo a salvação do mundo verde. Colocava no bico algumas gotas de água que tomava em regato próximo e varava pequena distância, a fim de despejá-las sobre as labaredas, no intuito de extingui-las.

4 Toda a passarada fugira para longe e animais diversos desertavam das tocas, no entanto, aquela ave pequenina não se entregava ao descanso. Prosseguia em sua faina, atirando gotas d’água sobre o fogo, quando quatro patos selvagens se lhe aproximaram numa de suas ligeiras pausas no trabalho e lhe disseram com zombaria:

— “Ridícula é a sua pretensão de acabar com o incêndio, usando gotinhas do regato” — disse o primeiro.

— “Isso é mania de virtude” — falou o segundo.

— “Tolice e loucura” — acentuou o terceiro.

— “Puro exibicionismo” — aditou o último deles.

5 A andorinha considerou com humildade:

— “Creio que se todos nós, cada qual por si, trouxesse algumas gotas d’água sobre as chamas, o incêndio desapareceria.”

6 Riram-se os patos e se foram.

As labaredas se ampliavam e a ave continuou em suas idas e vindas de esperança.

7 Surgiu, porém, determinado instante, em que à beira do córrego, ela se aquietou, qual se estivesse fatigada, e passou a orar, suplicando o auxílio de Deus.

8 Vendo-a quase inerte e informados de que a operosa trabalhadora entrara em prece, voltaram os patos a alvejá-la com ironias.

— “Deus não te ouvirá na imensidão dos Céus” — chasqueou o primeiro.

— “Não perca tempo com petições vazias” — acrescentou o segundo.

— “Deus não se incomodará com o incêndio num pedacinho da Terra, menor do que nós” — aduziu o terceiro.

— “Largue mão disso e vá descansar” — complementou o último deles, alardeando superioridade.

9 Os quatro grasnaram ruidosamente e se afastaram.

Mais alguns minutos e o firmamento se repletou de nuvens pesadas que se derramaram por inesperado aguaceiro.


10 Aqui tem você numa história quase infantil, que lhe posso dar por hoje, quanto ao valor da oração.

Em nossas dificuldades, imitemos, meu Amigo, a andorinha diminuta e veremos que o Pai Misericordioso não nos deixará sem resposta.


.Augusto Cezar


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir