Bíblia do CaminhoTestamento Xavieriano

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Janela para a vida — Autores diversos


18


Zeca Leal

   1 Morre Zeca Leal numa palhoça,

   Morre a sós quem servira a vida inteira…

   Faz calor… Cantam aves na mangueira…

   Depois, é a noite, a sombra que se engrossa…


   2 Morre Leal lembrando o milho, a eira,

   O cafezal imenso, além da roça…

   Nisso, aparece um moço à choça…

   “Quem é?” — murmura o pobre em voz rasteira.


   3 — “Já não aguento mais minhas feridas!…”

   O moço toca as chagas doloridas

   E diz: “Eu sou Jesus! Vim socorrê-las!…”


   4 Leal entrega o corpo à terra fria

   E segue o Cristo em pranto de alegria,

   Numa estrela mais clara que as estrelas!…


.Cornélio Pires


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir