Testamento Xavieriano - Pétalas da primavera - Capítulo 17

Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Pétalas da primavera — Autores diversos


17


Trovas da saudade

  1 Para quem sofre no mundo

  A morte seria um bem,

  Se a saudade não marcasse

  A nossa vida no Além.

.Cid Franco


  2 Das saudades que carrego

  Cousa alguma sei dizer…

  Coração sabe sentir

  Mas não consegue escrever.

.Azevedo Cruz


  3 Afirmas que o nosso afeto

  Foi um sonho que passou;

  Desencarnei, mas não tenho

  Um coração de robô.

.Toninho Bittencourt


  4 Depois da morte, escrever-te

  Seria conversa vã;

  Não posso chamar-te “esposa”

  Nem quero chamar-te “irmã”.

.Lívio Barreto


  5 Meu estoque de lembranças,

  Tantos detritos concentra,

  Que a saudade me procura,

  Abro a porta e ela não entra.

.Lulu Parola


  6 A morte destrói a posse

  De tudo que nos domina,

  Mas a saudade renasce

  De toda e qualquer ruína.

.Lucano Reis


  7 Após deixarmos a Terra,

  O pior que nos alcança,

  É o suplício da saudade

  Que chora sem esperança.

.Francisco Otaviano


  8 De amores, o amor que fica

  Sob a saudade tenaz

  É o amor silencioso

  Da união que não se faz.

.Maria Dolores


  9 Passei por tantos desgostos,

  Tantas pedras que, hoje em dia,

  Apenas sinto saudades

  Das saudades que eu sentia.

.Cleomenes Campos


  10 Estou feliz mas não livre,

  Tenho saudades de pai…

  Estou na “Dança do índio

  Que faz que vai mas não vai”.

.Jaks Aboab


  11 Uma trova de saudade?…

  Debalde tento compor.

  Cedo aprendi que a saudade

  É sempre filha do amor.

.Auta de Souza


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir