Bíblia do CaminhoTestamento Xavieriano

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Palavras do Infinito — Autores diversos — 2ª Parte


12


Vozes da Morte

  1 No mundo para vós ainda impreciso

  Que a ciência da Terra não pondera,

  Eu via a Morte, em forma de quimera,

  Como um Anjo de Dor, vago e indeciso.


   2 E murmurei: — “Ó Morte, eu bem quisera

  Que me desses no Nada um paraíso!…

  Porque, anjo da dor, se faz preciso

  Da tua espada que nos dilacera?”


   3 E ela disse: — “Sou a própria Vida Errante,

  Que tudo envolve em luz resplandecente,

  Vida renovadora e triunfante


   4 Para que eu leve a alma à Glória Eleita

  De ser pura e sublime, alva e perfeita,

  É preciso lutar eternamente!”


.Antero de Quental



(Soneto recebido em Pedro Leopoldo)


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir