Bíblia do CaminhoTestamento Xavieriano

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Tempo e amor — Autores diversos — F. C. Xavier/Clóvis Tavares


5


Para que a saudade não se transforme em doença…

(Segunda Mensagem de Ramiro Viana) n

1 Querida Adete, querida Célia. n

2 O tempo voa, e com ele seguimos nós com as nossas preces de esperança, com o trabalho de permeio para que a saudade não se transforme em doença. Digo assim porque os primeiros tempos para os que voltam à Vida Espiritual e para os que ficam no Plano Físico são tempos de adaptação e insegurança que nem sempre transpomos com a invulnerabilidade no centro do coração.

3 Querida Adete, muito grato. Não esperava de você e de nossa querida filha uma atitude diferente. Ambas me refletem a necessidade de apoio e se me fazem um refúgio de paz e reconforto, no qual as minhas energias se renovam. Vinte e seis de julho e vinte e seis de março.

4 Conto os dias. Mas, não sinto desespero. Tenho procurado acompanhá-las no exemplo com a permissão de nossos Maiores, em nosso “Allan Kardec” e no “Dias da Cruz”, em Campos e em Caratinga.

5 O serviço aqui não nos oferece pausas. E como sabemos que socorrer os outros é a melhor maneira de socorrer a nós mesmos, tenho tido a companhia constante do nosso Paulo Sérgio e do nosso Cavalcanti e isso me fortalece mais o espírito.

6 Outras modalidades de trabalho me chamam, no entanto, como estou conseguindo escolher o meu campo de refazimento geral, prefiro estar ao lado da companheira querida na continuidade de nossas realizações.

7 Querida Adete, o nosso Albano Seixas prossegue na condição de companheiro fiel e permanece auxiliando-nos em todas as fases de nossas tarefas.

8 O Cavalcanti igualmente vem reafirmando o apreço que sempre nos dispensou e, prestando apoio à nossa Célia, se faz igualmente um amigo providencial para nós.

9 Aqui, ao meu lado, recomendam-me dizer à Célia que o amigo Robson vai seguindo bem, com excelentes conquistas de autocontrole e com os melhores índices de aproveitamento do que vai aprendendo na Espiritualidade. Regozijamo-nos por isso e estaremos a postos para novas notícias.

10 Querida Adete, a sua ideia de um volume relacionando as mensagens no ambiente campista em benefício da nossa querida “Casa da Sopa”, é um momento luminoso de suas inspirações… tão somente pediria a você o concurso do nosso amigo Clovis Tavares, que é um especialista em revisão e organização dos assuntos que mais se apliquem ao proveito dos leitores.

11 Creio que o nosso Clovis não nos negará os seus abençoados serviços.

12 Nessa esperança permanecerei também na preparação das páginas que você deseja transformar em alimento de nossos irmãos necessitados e elevo os meus votos ao Supremo Pai, a fim de que nosso plano se faça realidade. Aguardemos, trabalhando. Muitas lembranças a todos aqueles amigos e irmãs nossas, a cujo devotamento devemos tanto e muito carinho aos familiares.

13 Para você, querida companheira, e para nossa filha querida, todo o amor e todo o reconhecimento do seu


.Ramiro


ANOTAÇÕES


1 — As referências a nomes e fatos são as mesmas já referidas nas Anotações à primeira mensagem de Ramiro: “Isto é um sonho…”; neste volume.

2 — Esta 2ª mensagem, igualmente dirigida à sua esposa D. Adete Viana e sua filha D. Célia Viana da Silva, foi psicografada no Grupo Espírita da Prece, em Uberaba, MG, no dia 26-03-1982.


.Clovis Tavares


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir