Bíblia do CaminhoEstudos Espíritas

Índice Página inicial Próximo Capítulo

OCE — Orientação ao Centro Espírita


3 – C


Atendimento Espiritual no Centro Espírita

Atividade de “Explanação do Evangelho à luz da Doutrina Espírita”

1. CONCEITO


É uma reunião pública para a explanação do Evangelho à luz da Doutrina Espírita, de maneira programada e com uma seqüência de trabalho previamente estabelecida.


2. FINALIDADES

  • a) Analisar e expor ao público presente, de forma simples e objetiva, o conteúdo de O Evangelho segundo o Espiritismo, destacando os ensinos morais do Evangelho à luz dos esclarecimentos espíritas;

  • b) Consolar e esclarecer aos que se acham em dificuldades pela desencarnação de entes queridos, separações, conflitos, doenças, depressões, etc.;

  • c) Amparar, erguer e orientar doutrinariamente sobre as causas das aflições e os meios para compreendê-las.

3. PARTICIPANTES

  • a) Um dirigente para iniciar, coordenar e encerrar a reunião;

  • b) Um colaborador para fazer a leitura de harmonização e/ou preces;

  • c) Um expositor, para a palestra;

  • d) Público que busca o esclarecimento e o consolo à luz da Doutrina Espírita.

4. DESENVOLVIMENTO DAS ATIVIDADES

  • a) Preparação: Ler página evangélico-doutrinária para harmonização.

  • b) Prece inicial: Fazer uma prece concisa, simples, inteligível, objetiva, clara e audível, buscando na sintonia com o Plano Maior a própria harmonização íntima.

  • c) Explanação: Ler e comentar os itens de O Evangelho segundo o Espiritismo em estudo seqüencial (30 a 35 minutos).

  • d) Irradiações: Fazer irradiações (também conhecida por vibrações) em benefício da fraternidade universal, pelo entendimento entre as religiões e pela paz entre os homens.

  • e) Prece final: Fazer uma prece concisa, simples, inteligível, objetiva, clara e audível, agradecendo a oportunidade do aprendizado, da convivência fraterna e do amparo espiritual.

5. RECOMENDAÇÕES

  • a) Selecionar e capacitar, continuadamente, os colaboradores que tenham um perfil adequado para a tarefa: conhecimento evangélico-doutrinário, facilidade para falar em público, maturidade emocional, bom senso, simpatia, alegria, afetividade, naturalidade e segurança.

  • b) Aplicam-se a este item as “Recomendações Específicas” referente ao Capítulo I – Palestras Públicas.


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir